4 tipos de créditos de PIS e Cofins

Prazo para governo e Congresso decidirem sobre compensação da desoneração se encerra em 19 de julho
Grupo de Trabalho da Reforma Tributária afirma que objetivo é assegurar que a carga tributária seja neutra para todos os setores da economia
Deputado diz que relatório do projeto de regulamentação não prevê taxação de fundos imobiliários

4 tipos de créditos de PIS e Cofins

4 tipos de créditos de PIS e Cofins

Conheça, neste artigo, 4 hipóteses que geram créditos dessas contribuições.

Por: Autor
30/03/2023

O PIS e a COFINS são tributos que incidem sobre a receita bruta das pessoas jurídicas. Existem dois tipos de regimes dessas contribuições: regime cumulativo e não-cumulativo.

No regime não-cumulativo, as pessoas jurídicas podem descontar créditos sobre determinados gastos, inclusive para o pagamento dos débitos das próprias contribuições.

São despesas passíveis de gerar créditos de PIS e COFINS:

1 . Gastos com a aquisição de insumos empregados na fabricação de produtos ou prestação de serviços

De acordo com o Superior Tribunal de Justiça (STJ), considera-se insumo tudo aquilo que seja imprescindível para o desenvolvimento da atividade econômica. Como exemplo, os equipamentos de proteção individual, materiais de limpeza, gastos com transporte de produtos etc.

2. Gastos com aluguéis de prédios, máquinas e equipamentos

Para que sejam passíveis de gerar créditos, deve-se pagar os aluguéis a outra pessoa jurídica, além disso, os prédios e máquinas necessitam ser empregados na atividade empresarial.

3. Testes de qualidade

Os testes de qualidade são considerados insumos e geram créditos dessas contribuições, desde que aplicados sobre matéria-prima, produto intermediário, produto em elaboração e sobre produto acabado, desde que anteriormente à sua comercialização.

4. Energia elétrica e combustíveis

Os custos com a energia elétrica utilizada no estabelecimento do contribuinte, também de combustíveis e lubrificantes empregados na fabricação de produtos ou prestação de serviços são considerados insumos que geram créditos de PIS e COFINS.

Fonte: Portal Contábeis

Compartilhe