Salário mínimo para 2023 deve ser reajustado para R$1.294, abaixo da inflação

Prazo para governo e Congresso decidirem sobre compensação da desoneração se encerra em 19 de julho
Grupo de Trabalho da Reforma Tributária afirma que objetivo é assegurar que a carga tributária seja neutra para todos os setores da economia
Deputado diz que relatório do projeto de regulamentação não prevê taxação de fundos imobiliários

Salário mínimo para 2023 deve ser reajustado para R$1.294, abaixo da inflação

Salário mínimo para 2023 deve ser reajustado para R$1.294, abaixo da inflação

Por: Autor
13/07/2022

A Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) foi votada nesta terça-feira (12), estabelecendo uma previsão para o valor do salário mínimo do próximo ano, devendo passar de R$1.212 em 2022 para R$1.294 em 2023.

O reajuste previsto é de 6,77%, representando uma manutenção do montante conforme a previsão do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), utilizado para a alteração do piso salarial do país.

Apesar do valor pago parecer maior, a alteração do salário mínimo não representa ganho real para a população, pois não ficará acima da inflação, pelo quarto ano consecutivo.

Nos 12 meses encerrados até junho, o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA),  um dos índices mais importantes do Brasil, responsável por medir a inflação oficial do país, teve seu acumulado registrado em 11,89%,

O mercado financeiro espera que o IPCA feche este ano com alta de 7,67%, de acordo com o Boletim Focus, do Banco Central, ficando acima do valor previsto para o reajuste do salário mínimo.

Mesmo com a previsão da LDO para 2023, o relator da lei, senador Marcos do Val, explicou que são apenas diretrizes, um parâmetro para as projeções de resultado fiscal, mas quem define o reajuste do salário para o próximo ano é o Poder Executivo, seguindo a meta fiscal.

A Lei de Diretrizes Orçamentárias é utilizada para auxiliar na organização e execução dos gastos do Executivo, servindo de base para a Lei Orçamentária Anual (LOA).

Fonte: Portal Contábeis

Compartilhe